• luizfsa7

Uma nova imagem para a Aliança da Terra

Organização moderniza sua identidade visual e lança novo site


Criada em 2004 para apoiar agricultores e pecuaristas a conciliarem produção e preservação em suas propriedades, a organização Aliança da Terra agora tem uma nova identidade visual. Sua tradicional logomarca ganhou uma versão revitalizada, com características modernas e traços leves, mas mantendo a mensagem principal da organização: a aliança entre o campo e a conservação.


A remodelação abrange também um dos projetos mais importantes da ONG, a Brigada Aliança, uma das mais ativas instituições de prevenção e combate a incêndios florestais do Brasil. Os uniformes de seus brigadistas passam a ostentar, a partir de agora, logo e brasão redesenhados.



Para manter a conexão com a Aliança da Terra, que criou a Brigada em 2009, as novas marcam seguem identidades semelhantes, reforçando o elo das organizações com a produção agropecuária responsável e com o meio ambiente. Em seus doze anos de atuação, a Brigada treinou mais de 930 pessoas e atuou no combate de mais 502 incêndios, somando mais de 130 mil horas/homem de combate direto.


Além disso, a Brigada também é comprometida com preservação de espécies nativas da fauna e da flora. O novo escudo dos brigadistas remete, assim, aos momentos de ação - tanto na prevenção quanto no combate aos incêndios.


A ONG Aliança da Terra criou a Brigada de Incêndio e também a Produzindo Certo, uma plataforma de assistência técnica para apoiar produtores com o objetivo de implantar melhores práticas socioambientais em suas propriedades. Em 2019, a Produzindo Certo transformou-se em empresa independente. Nessa nova etapa, a Aliança e a Produzindo Certo buscam comunicar à sociedade e a parceiros uma mensagem de que todas essas frentes têm uma mesma origem, como explica Aline Locks, CEO da Produzindo Certo, empresa especializada em apoiar empresas e produtores no fortalecimento de uma agricultura responsável.


“A história é importante para a empresa. Por mais que a Produzindo Certo tenha se tornado uma empresa e separado da organização, é importante mostrar que ela já vem com experiência e histórico de mais de uma década, já que ela é fruto da Aliança da Terra”.


Sendo assim, a semelhança entre as identidades visuais da Aliança da Terra, da Produzindo Certo e da Brigada Aliança, não é por acaso. Faz parte do objetivo de integrar os valores de desenvolvimento sustentável e proteção ao meio ambiente, conceitos que unem a Família Aliança da Terra.


SITE REPAGINADO


A renovação da identidade da Aliança da Terra e de seus projetos está refletida também no universo digital. O site da organização na internet foi redesenhado, incorporando todas as suas iniciativas em um único endereço. A Brigada Aliança tem destaque, ao lado de outros projetos como o Quelônios do Rio das Mortes – que atua na preservação de espécies nativas do Mato Grosso – e o de gestão de unidades de conservação, voltado para parceria com órgãos estatais na manutenção de áreas protegidas.


Com a incorporação da Brigada ao site da Aliança, a organização busca informar produtores sobre os caminhos que podem ser tomados para obter um equilíbrio entre o agronegócio e a proteção ao meio ambiente. “Focamos no produtor rural e mostramos que é possível o produtor ter uma parceria com uma ONG que trabalha para a conservação e que eles também podem estar alinhados com esse pensamento,” conclui Aline.


Para a gerente-geral da Aliança da Terra, Caroline Nóbrega, o fogo não enxerga diferenças entre áreas rurais e de preservação e o mesmo pode ser dito sobre a Brigada, que trabalha para combater incêndios em propriedades particulares e áreas protegidas, além de dar apoio às comunidades indígenas.


“São vertentes que caminham de mãos dadas. Lançamos recentemente um projeto chamado Agrobrigadas, que são forças de combate ao fogo voltadas a atender os produtores rurais. A brigada é a nossa principal iniciativa e, por isso, temos no novo site uma parte totalmente voltada para ela.”


Segundo Caroline, a preservação do meio ambiente e o trabalho no campo devem estar conectadas sempre. “Hoje a Brigada atua diretamente em incêndios em áreas agrícolas ou de vegetação natural. Nosso trabalho nasce de parcerias, seja com produtores rurais, com secretarias estaduais e municipais ou com empresas”, afirma. “A Brigada Aliança está em franca expansão. Em 2021 estamos monitorando e protegendo do fogo mais de 190 fazendas e 12 unidades de conservação, além de coordenarmos a atuação de uma Brigada Indígena no Parque Indígena do Xingu. Trabalhamos no campo com os produtores, mas sempre com foco na proteção e conservação do meio ambiente.”


O site também conecta todas outras plataformas digitais da Aliança da Terra, como Instagram e Youtube. Assim, o usuário pode se manter atualizado sobre as ações em todas as frentes e informado sobre o desenvolvimento sustentável, além de aprender mais sobre o trabalho que a Brigada Aliança presta. Além disso, o endereço conta um link direto para que doadores possam fazer a sua contribuição à entidade. E, assim, contribuir para que ampliar o impacto dessa aliança.


177 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo