• luizfsa7

Brigada Aliança em combate e prevenção de incêndios no Mato Grosso

Como é a ação da Brigada Aliança + REM MT, que beneficia pequenos e médios produtores em dois municípios do estado




Para 42 pequenos e médios produtores de soja dos municípios de Campos de Júlio e Planalto da Serra, no Mato Grosso, a prevenção e o combate ao fogo caminham de mãos dadas com a sustentabilidade. Eles fazem parte do Programa REM MT, iniciativa do governo estadual em parceria com instituições da Alemanha e da Inglaterra que fomenta a conservação das florestas através de pagamentos por resultados documentados e verificados de redução de emissões de CO2 oriundas do desmatamento.


Desde o início do ano, a Aliança da Terra, juntamente com a Produzindo Certo, tem atuado na redução de passivos ambientais destas propriedades e em ações que buscam evitar a ocorrência e a propagação de incêndios florestais nessas áreas. Este é o escopo do Projeto Soja Sustentável.



Equipe da Brigada de Campos de Júlio ao final de um combate


A Brigada Aliança tem atuado junto aos produtores desde o início do projeto, quando duas Brigadas Aliança + REM MT foram criadas para monitorar e atender as 42 propriedades cadastradas. Mas todo o município se beneficia. Apesar da prioridade ser destas fazendas, as equipes não hesitam em combater o fogo em outras áreas.


Até o último dia 10 de setembro, as equipes combateram cinco incêndios em Campos de Júlio e oito em Planalto da Serra, tanto nas fazendas cadastradas quanto em outras áreas dos municípios.


A prevenção, no entanto, é o foco principal dos Guerreiros do Fogo. “Atuamos em prevenção e combate nas fazendas cadastradas pela Plataforma da Produzindo Certo, mas prestamos o serviço a alguns vizinhos para que o fogo não chegue as propriedades”, conta Wendeli Gomes, líder da Brigada REM em Planalto da Serra.



Brigada de Planalto da Serra com produtores da região


Um exemplo da atuação dos brigadistas no Projeto Soja Sustentável é a orientação aos produtores antes da realização da colheita de suas culturas. Eles são informados pelas Brigadas sobre os fatores de riscos para o surgimento de focos de calor nas fazendas.


Eles são advertidos de que o próprio maquinário utilizado no campo pode ser uma fonte de ignição de incêndios. Além disso, eles são lembrados a informar às equipes quando iniciam a colheita para que os brigadistas entrem em estado de alerta.

Para o líder da Brigada em Campos de Júlio, Lourivan Pereira, o diferencial da Brigada REM, é o combate rápido. “Aqui em Campos de Júlio, 90% é lavoura. A diferença é que no fogo em lavoura nós não temos tempo para montar plano de ação para colocar em prática. Temos que combater o mais rápido possível o incêndio, com segurança e agilidade, e deixar os produtores satisfeitos.”


A população local também é beneficiada com a parceria. A Aliança da Terra realizará no dia 27 de setembro o Treinamento Básico de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais, em Planalto da Serra (MT). O treinamento é gratuito e aberto a todos os interessados.

REM é a sigla, é inglês, do Programa Global REDD Early Movers (REDD para Pioneiros pela sigla em Inglês), uma iniciativa de remuneração de serviços ambientais baseada em resultados viabilizada de forma conjunta pelos Governos da Alemanha e Reino Unido. Premia projetos comprometidos com a redução de emissões de CO2 por meio de ações de conservação de florestas.


32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo